Arquitectura

A arquitectura é uma arte com consequências públicas.
Enquanto é possível viver com um contacto mínimo ou residual com as restantes artes, é muitíssimo improvável não estar diariamente exposto aos resultados do trabalho dos arquitectos.
Ao planeamento e desenvolvimento de um edifício devem presidir, além dos interesses de cliente e arquitecto, fortes componentes de responsabilidade e consciência social.

Reabilitação

A reabilitação é uma das áreas de excelência do atelier RA\\. Com uma vasta experiência na concepção de projectos em todos o país, o atelier reúne uma equipa multidisciplinar que pensa cada edifício como o resultado de um processo histórico que importa preservar e potenciar. Cada local tem uma aura que merece ser resgatada do abandono e do esquecimento. É essa aura que faz as vezes de elo de ligação entre passado e futuro, entre tradição e novidade, entre memória e renovação. Sem esse cuidado, a reabilitação é um monólogo que nada resgata dos tempos que foram e nada prepara para o futuro.

Sustentabilidade

Como cidadãos, temos de pensar no futuro que queremos legar aos vindouros. Como arquitectos, porém, a nossa responsabilidade é acrescida. No atelier, norteamo-nos por uma filosofia de discrição ecológica. Edificar implica uma consciência social que tenha os olhos postos no futuro, na redução de desperdício e na minimização da pegada ecológica do que projectamos. Porque só o presente, e mesmo este apenas de passagem, nos pertence.

Turismo & Lazer

Com uma experiência tão considerável como diversificada na edificação para o mercado turístico, o atelier RA\\ concebeu projectos em escalas e matérias muito diferentes, desde as Snake Houses e Eco Houses do Parque das Pedras Salgadas ao Hotel SPA Six Senses, no Vale do Douro, recentemente considerado o melhor Hotel SPA do mundo.

Design de Interiores

A melhor versão do nosso trabalho acontece quando assumimos um projecto do início ao fim, isto é, da concepção do edifício à decoração do interior. A experiência que adquirimos permite-nos conformar à singularidade de cada necessidade específica a solução mais adequada. A visão de conjunto que temos da obra confere-nos a capacidade de pensar com minúcia no mobiliário e equipamento necessários.

Arquitectura Paisagista

A relação do homem com a natureza exige um esforço para harmonizar valores estéticos, funcionais e ambientais para que a relação entre construído e natural seja tão equilibrada quanto possível. Para tal, o homem deve pensar no seu lugar na natureza, deve convocar os imensos recursos de que dispõe para ordenar, conservar e preservar o espaço onde se insere, gerindo eficazmente os recursos disponíveis e planeando racionalmente os espaços públicos. É um trabalho que muitas vezes requer recursos externos altamente especializados, como arquitectos paisagistas, engenheiros hídricos, etc., e as soluções que resultam dessa interdisciplinaridade beneficiam do que de melhor cada um aporta ao projecto.

Design de Produto

Por vezes é necessário um olhar exterior à obra que produzimos para descobrir a forma de maximizar o potencial de um determinado produto. É o que acontece muitas vezes quando assumimos a concepção de mobiliário e equipamento para os edifícios que projectamos. Vamos de encontro ao cliente e às suas necessidades e, em parceria com o fornecedor, pensamos na solução mais adequada. Disto resulta amiúde uma mudança de paradigma por parte do fornecedor e a introdução de produtos ou gamas de produtos no seu portfólio, consequência de um trabalho de equipa que produz conhecimento e mais-valias para todos os intervenientes no processo.

Planeamento Urbano

O planeamento urbano implica criar dinâmicas de habitabilidade e de sustentabilidade, obrigando a pensar nas relações entre cada componente e edificar e no equilíbrio delicado entre as diversas forças – por vezes opostas – que intervêm na concepção do projecto. E é desta equação de variáveis nem sempre claras que resulta o sucesso ou o fracasso de uma empreitada de tamanha magnitude.

Gestão de Projecto

O gestor de projecto tem como função avaliar criteriosamente o equilíbrio entre tempo, custo e qualidade, estimar os riscos de cada uma das componentes e de como estes interferem no resultado geral e ajudar as equipas a alcançarem um equilíbrio de que resulte o melhor cenário possível. É uma tarefa que envolve a busca pela solução mais eficiente, sendo para tal necessárias competências estratégicas e analíticas que permitam a correcta avaliação de cada fase do projecto, tendo como objectivo obter um resultado final de inequívoca qualidade, minimizando custos, riscos e erros em obra.

Parcerias Externas

Os nossos parceiros são convocados em função da sua adequação ao projecto e à fase de desenvolvimento do mesmo, e compreendem serviços tão diversos como estruturas eléctricas, telecomunicações, águas, térmica, climatização, acústica e segurança. Escolhemos equipas cujo equipamento e sistemas informáticos lhes permitam desenvolver projectos em sistema BIM (Building Information Model). Deste modo, o cliente dispõe de uma ferramenta de gestão rigorosa que lhe permite acompanhar todas as fases do projecto e monitorizar a gestão e manutenção do mesmo no futuro.